15.4 C
Belo Horizonte
Friday, 16 / April / 2021
- Publicidade -

Juizforano Caetano Brasil é indicado ao Grammy Latino

Mais Notícias

Viih Tube debocha de Juliete ao dar nome inusitado para partes íntimas

Juliette Freire no BBB21; advogada chama partes íntimas femininas com nome masculino.

Samarco pede recuperação judicial

A decisão também foi divulgada pela Vale em um comunicado ao mercado

Sorteio da mega-sena pode pagar R$ 27 milhões neste sábado

Aposta mínima custa R$ 4,50 e pode ser realizada pela internet

Choque com tropas deixa 11 manifestantes mortos em Myanmar

Em Taze, manifestantes enfrentaram militares com armas caseiras

Caetano Brasil, clarinetista, saxofonista e compositor juizforano é um dos brasileiros indicados para o prêmio Grammy Latino de 2020. Ele concorre ao melhor álbum instrumental da premiação por “Cartografias”, seu segundo disco autoral, lançado em dezembro de 2019 em todas as plataformas digitais e com show de lançamento no Projeto Palco Central, no Cine Theatro Central, em Juiz de Fora-MG.

O álbum “Cartografias” leva a assinatura de Caetano Brasil e Grupo, conta com influencias musicais de várias partes do planeta. Com uma pegada contemporânea, unindo o choro brasileiro com estilos como a música folclórica oriental, latina, do leste europeu e o jazz, entre outros. Dois dos frutos dessa iniciativa são os prêmios no XVIII Prêmio Nabor Pires Camargo Instrumentista, de Indaiatuba (SP), e de Melhor Instrumentista do XIX Prêmio BDMG Instrumental, de Belo Horizonte, obtidos com a segunda sessão de gravações.

Segundo o artista, em uma postagem no Instagram, “A ficha ainda tá caindo, mas o coração por aqui tá explodindo de alegria! A gente rala – e rala muito – pra produzir arte e impactar a realidade das pessoas, quem quer que elas sejam. E quando a gente recebe um reconhecimento público desta proporção, ainda mais num cenário tão escuso como o deste ano, a gente se reconecta com a certeza do nosso propósito.”

Além de Caetano Brasil, outros artistas mineiros como Toninho Horta, Samuel Rosa, Paula Fernandes e Orquestra Filarmônica de Minas Gerais também estão na lista dos artistas indicados para o prêmio.

Os músicos Toninho Horta recebeu a indicação pelo disco Belo Horizonte, lançado em 2020. João Bosco recebeu pela música Abricó-de-macado, presente no disco de mesmo nome, lançado em maio de 2020.

O mineirinho Samuel Rosa, do Skank, recebe a indicação pela sua participação na música A tal canção pra lua (Microfonado), de Vitor Kley.

Paula Fernandes marca presença com o disco Origens, gravado na cidade de Sete Lagoas-MG, em 2019.

Já a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, concorre ao prêmio na categoria de Melhor álbum de música clássica, com o álbum Almeida Prado, de regência do maestro Fábio Mechetti e participação da pianisya Sônia Rubinsky.

Segundo a Academia Latina, responsável pela prêmiação, os indicados foram selecionados a partir de uma lista com mais de 18 mil inscrições em 53 categorias.

Veja a lista de indicados:

Gravação do ano
“China” – Anuel AA, Daddy Yankee, Karol G
“Cuando Estés Aquí” – Pablo Alborán
“Vete” – Bad Bunny
“Solari Yacumenza” – Bajofondo Featuring Cuareim 1080
“Rojo” – J Balvin
“Tutu” – Camilo com Pedro Capó
“Lo Que En Ti Veo” – Kany García & Nahuel Pennisi
“Tusa” – Karol G & Nicki Minaj
“René” – Residente
“Contigo” – Alejandro Sanz

Álbum do ano
“YHLQMDLG” – Bad Bunny
“Oasis” – J Balvin & Bad Bunny
“Colores” – J Balvin
“Por Primera Vez” – Camilo
“Mesa para Dos” – Kany García
“Aire (Versión Día)” – Jesse & Joy
“Un Canto Por México, Vol. 1” – Natalia Lafourcade
“Pausa” – Ricky Martin
“La Conquista del Espacio” – Fito Páez
“Cumbiana” – Carlos Vives

Canção do ano
“ADMV” – Maluma
“Bonita” – Juanes & Sebastián Yatra
“Codo Con Codo” – Jorge Drexler
“El Mismo Aire” – Camilo
“For Sale” – Alejandro Sanz & Carlos Vives
“#ELMUNDOFUERA (Improvisación)” – Alejandro Sanz
“Lo Que En Ti Veo” – Kany García & Nahuel Pennisi
“René” – Residente
“Tiburones” – Ricky Martin
“Tusa” – Karol G & Nicki Minaj
“Tutu” – Camilo com Pedro Capó

Melhor artista revelação
Anuel AA
Rauw Alejandro
Mike Bahía
Cazzu
Conociendo Rusia
Soy Emilia
Kurt
Nicki Nicole
Nathy Peluso
Pitizion
Wos

Melhor canção “urban”
“Adicto” – Tainy, Anuel AA e Ozuna
“Muchacha” – Gente De Zona e Becky G
“Rave de Favela” – MC Lan, Anitta, BEAM e Major Lazer
“Rojo” – J Balvin
“Yo x Ti, Tu x Mi” – Rosalía & Ozuna

Melhor álbum instrumental
“Plays Daniel Figueiredo” – Leo Amuedo
“Cartografias” – Caetano Brasil
“Sotavento” – Compasses
“Festejo” – Yamandu Costa com Marcelo Jiran
“Terra” – Daniel Minimalia

Melhor canção em língua portuguesa
“A Tal Canção Pra Lua (Microfonado)” – Vitor Kley & Samuel Rosa
“Abricó-De-Macaco” – João Bosco
“AmarElo (Sample: Sujeito de Sorte – Belchior)” – Emicida com Majur & Pabllo Vittar
“Libertação” – Elza Soares & BaianaSystem com Virgínia Rodrigues
“Pardo” – Céu

Melhor álbum de pop contemporâneo em língua portuguesa
“N” – AnaVitória
“Enquanto Estamos Distantes” – As Bahias e a Cozinha Mineira
“APKÁ!” – Céu
“Guaia” – Marcelo Jeneci
“Eu” – Melim

Melhor álbum de rock ou de música alternativa em língua portuguesa
“AmarElo” – Emicida
“Little Electric Chicken Heart” – Ana Frango Elétrico
“Letrux aos Prantos” – Letrux
“Universo do Canto Falado” – Rapadura
“Na Mão as Flores” – Suricato

Melhor álbum de samba/pagode
“Mangueira – A Menina dos Meus Olhos” – Maria Bethânia
“Martinho 8.0 – Bandeira da Fé: Um Concerto Pop-Clássico (Ao Vivo)” – Martinho da Vila
“Samba Jazz, de Raiz, Cláudio Jorge 70” – Cláudio Jorge
“Fazendo Samba” – Moacyr Luz e Samba do Trabalhador
“Mais Feliz” – Zeca Pagodinho

Melhor álbum de MPB
“O Amor no Caos Volume 2” – Zeca Baleiro
“Belo Horizonte” – Toninho Horta & Orquestra Fantasma
“Bloco na Rua” – Ney Matogrosso
“Planeta Fome” – Elza Soares
“Caetano Veloso & Ivan Sacerdote” – Caetano Veloso & Ivan Sacerdote

Melhor álbum de músicas sertaneja
“#IssoÉChurrasco (Ao Vivo)” Fernando & Sorocaba
“Origens [Ao Vivo em Sete Lagoas, Brazil / 2019]” – Paula Fernandes
“Livre Vol. 1” – Lauana Prado
“Churrasco do Teló Vol. 2” – Michel Teló
“Por Mais Beijos Ao Vivo (Ao Vivo)” – Zé Neto & Cristiano

Melhor álbum de música de raízes em língua portuguesa
“Veia Nordestina” – Mariana Aydar
“Aqui Está-se Sossegado” – Camané & Mário Laginha
“Acaso Casa Ao Vivo” – Mariene De Castro e Almério
“Targino Sem Limites” – Targino Gondim
“Obatalá – Uma Homenagem a Mãe Carmen” – Grupo Ofa
“Autêntica” – Margareth Menezes

Melhor álbum de música cristã (língua portuguesa)
“Catarse: Lado A” – Daniela Araújo
“Reino” – Aline Barros
“Profundo” – Ministério Mergulhar
“Maria Passa à Frente” – Padre Marcelo Rossi
“Memórias II (Ao Vivo em Belo Horizonte / 2019)” – Eli Soares

Melhor clipe musical em versão curta
“Saci (Remix)” – BaianaSystem & Tropkillaz
“Rojo” – J Balvin
“Cubana” – Bivolt
“Para Ya” – Porter Alexis Gómez
“TKN” – Rosalía & Travis Scott

Melhor álbum de engenharia de gravação
“Aire (Versión Día)” – Jesse & Joy
“APKÁ!” – Céu
“Quimera” -Alba Reche
“Sublime” – Alex Cuba
“3:33” – Debi Nova

- Publicidade -

Mais Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Últimas Notícias

Viih Tube debocha de Juliete ao dar nome inusitado para partes íntimas

Juliette Freire no BBB21; advogada chama partes íntimas femininas com nome masculino.

Samarco pede recuperação judicial

A decisão também foi divulgada pela Vale em um comunicado ao mercado

Sorteio da mega-sena pode pagar R$ 27 milhões neste sábado

Aposta mínima custa R$ 4,50 e pode ser realizada pela internet

Choque com tropas deixa 11 manifestantes mortos em Myanmar

Em Taze, manifestantes enfrentaram militares com armas caseiras

Funeral do príncipe Philip deve ocorrer no dia 17

Cerimônia estava planejada; rainha Elizabeth passa por 8 dias de luto