18.4 C
Belo Horizonte
Tuesday, 13 / April / 2021
- Publicidade -

IMA desenvolve programa on-line de educação sanitária

Mais Notícias

Viih Tube debocha de Juliete ao dar nome inusitado para partes íntimas

Juliette Freire no BBB21; advogada chama partes íntimas femininas com nome masculino.

Samarco pede recuperação judicial

A decisão também foi divulgada pela Vale em um comunicado ao mercado

Sorteio da mega-sena pode pagar R$ 27 milhões neste sábado

Aposta mínima custa R$ 4,50 e pode ser realizada pela internet

Choque com tropas deixa 11 manifestantes mortos em Myanmar

Em Taze, manifestantes enfrentaram militares com armas caseiras

Projeto do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), o Sanitaristas Mirins, que teve atividades suspensas em função da pandemia de covid-19, acaba de ganhar versão on-line.

A iniciativa do órgão, vinculado à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), vai contemplar alunos e professores de escolas do ensino fundamental do estado.

Diante do cenário do coronavírus, o novo programa é amparado em educação a distância (EAD) e em plataformas digitais. O piloto está em fase de experimentação em Pouso Alegre e Juiz de Fora, e deve, em breve, ser realizado em outras regiões do estado.

O objetivo da iniciativa é despertar nas crianças o interesse pela atividade rural, tornando-as multiplicadoras de informação sobre normas sanitárias e, ainda, influenciadoras dos pais e das comunidades em que vivem. 

Ampliação

Coordenadora do Núcleo de Educação Sanitária do IMA, Ana Cristina Paiva avalia as novas formas e dinâmicas de apresentação do projeto nas escolas participantes, assim como o desenvolvimento de programas on-line positivos para ampliar o alcance do público. 

“Com o projeto on-line, os alunos estão assistindo aulas e vídeos sobre os assuntos abordados no livro ‘A educação sanitária no dia a dia dos alunos – descobrindo a agropecuária na escola’, de autoria do IMA. Estamos considerando a expansão do projeto em 2021, caso as escolas não retomem totalmente o ensino presencial”, projeta.

Ana Cristina salienta que o Sanitaristas Mirins requer treinamento e acompanhamento próximos dos professores, alunos e escolas participantes. “Traduzimos a linguagem técnica e a legislação para que os participantes entendam a importância do nosso trabalho de fiscalização. O objetivo é gerar mudanças de atitudes e comportamento nos alunos, pais, professores e comunidade”, reforça.

Continuidade

Maciel Borges, servidor da Coordenadoria Regional de Pouso Alegre, explica que a ideia do programa on-line surgiu no contexto da pandemia com objetivo de promover a continuidade das atividades. 

“A iniciativa divulga as atividades do IMA e leva os participantes à compreensão sobre a importância da atividade rural”. 

Borges diz que o novo formato tem sido uma boa experiência. “Estamos nos surpreendendo a cada dia com a dedicação de alunos e professores. As crianças nos enviam vídeos e fotos da propriedade rural onde vivem e dos animais que criam”, conta.

Segurança alimentar 

Em fevereiro deste ano, em uma parceria com o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), foi discutida a participação do IMA no programa “Consumo saudável dentro e fora das escolas”, que visa alcançar todas as escolas públicas e privadas do estado, estimulando a segurança alimentar e nutricional. Com a parceria, o IMA está levando o Projeto Sanitaristas Mirins para um público mais amplo.

Na oportunidade foi firmada a ideia de fornecer o livro “A educação Sanitária no dia a dia dos alunos – descobrindo a agropecuária na escola”, que está sendo atualizado para nova tiragem, e disponibilizar treinamento à distância para os professores. O IMA apresentou o projeto para 130 promotores de todo o estado.

- Publicidade -

Mais Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Últimas Notícias

Viih Tube debocha de Juliete ao dar nome inusitado para partes íntimas

Juliette Freire no BBB21; advogada chama partes íntimas femininas com nome masculino.

Samarco pede recuperação judicial

A decisão também foi divulgada pela Vale em um comunicado ao mercado

Sorteio da mega-sena pode pagar R$ 27 milhões neste sábado

Aposta mínima custa R$ 4,50 e pode ser realizada pela internet

Choque com tropas deixa 11 manifestantes mortos em Myanmar

Em Taze, manifestantes enfrentaram militares com armas caseiras

Funeral do príncipe Philip deve ocorrer no dia 17

Cerimônia estava planejada; rainha Elizabeth passa por 8 dias de luto