17.4 C
Belo Horizonte
Sunday, 11 / April / 2021
- Publicidade -

CoronaVac pode ser usada mesmo sem o registro da Anvisa – ENTENDA

Mais Notícias

Viih Tube debocha de Juliete ao dar nome inusitado para partes íntimas

Juliette Freire no BBB21; advogada chama partes íntimas femininas com nome masculino.

Samarco pede recuperação judicial

A decisão também foi divulgada pela Vale em um comunicado ao mercado

Sorteio da mega-sena pode pagar R$ 27 milhões neste sábado

Aposta mínima custa R$ 4,50 e pode ser realizada pela internet

Choque com tropas deixa 11 manifestantes mortos em Myanmar

Em Taze, manifestantes enfrentaram militares com armas caseiras

Após a CoronaVac ter virado o centro da briga política entre João Dória e Bolsonaro, o governador de São Paulo está prestas a dar um golpe de mestre sobre o presidente.

A alternativa para o uso da vacina anti-covid, do laboratório chinês Sinovac Biotech em parceria com o Instituto Butantan, ligado ao governo paulista, sem o registro na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) é evocar duas leis sancionadas pelo presidente Jair Bolsonaro no início desse ano.

As leis em questão são 13.979/2020 e a 14.006/2020 que ditam regras e uma série de medidas para o combate a pandemia do coronavírus.

Dentre essas nmedidas está a liberação de “quaisquer materiais, medicamentos, equipamentos e insumos da área de sapude registrados por autoridade sanitárias estrangeira e autorizados à distribuição comercial em seus respectivos países”.

Agências sanitárias regulatórias dos Estados Unidos, União Européia, Japão e China, equivalentes a Anvisa, são citadas em um dos textos. Caso a CoronaVac fosse aprovado definitivamente por um desses orgãos, Dória poderia tentar utilizá-la sem a autorização da Anvisa.

Contudo, segundo especialistas, a utilização de uma vacina sem a devida autorização por parte da Anvisa, poderia levar a duas implicações. A primeira seria a disputa jurídica, pois possivelmente tais leis seriam contestadas no STF (Supremo Tribunal Federal). A Segunda seria colocar em prova a credibilidade da vacina, pois certamente criaria uma desconfiança no imunizante por parte da aceitação das vacinas por parte da população.

- Publicidade -

Mais Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Últimas Notícias

Viih Tube debocha de Juliete ao dar nome inusitado para partes íntimas

Juliette Freire no BBB21; advogada chama partes íntimas femininas com nome masculino.

Samarco pede recuperação judicial

A decisão também foi divulgada pela Vale em um comunicado ao mercado

Sorteio da mega-sena pode pagar R$ 27 milhões neste sábado

Aposta mínima custa R$ 4,50 e pode ser realizada pela internet

Choque com tropas deixa 11 manifestantes mortos em Myanmar

Em Taze, manifestantes enfrentaram militares com armas caseiras

Funeral do príncipe Philip deve ocorrer no dia 17

Cerimônia estava planejada; rainha Elizabeth passa por 8 dias de luto