24.5 C
Belo Horizonte
Tuesday, 18 / May / 2021
- Publicidade -

Confaz aprova parte da regulamentação da nova Lei do Gás

Mais Notícias

Petrobras bate recorde de vendas de diesel S-10

Derivado tem menor impacto ao meio ambiente

RhinnoAd Comunicação lança novo portal de notícias de negócios integrado ao ExpressoMinas.com

Novo portal de notícias de negócios e marketing foi lançado ontem dia 14 de maio.

Guedes reafirma interesse em aprofundar parceria comercial com EUA

Ministro conversou com nova secretária de Comércio norte-americana

Custo da cesta básica aumenta em 15 capitais em abril

Florianópolis lidera ranking no custo de kit básico de alimentação

Os estados e o Distrito Federal aprovaram nesta quinta-feira (8) a uniformização e a simplificação das regras tributárias relacionadas ao processamento de gás natural. Por unanimidade, o Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) aprovou a atualização dos padrões tributários à nova Lei do Gás.

A decisão ocorreu horas antes de o presidente Jair Bolsonaro sancionar a nova lei. O Confaz, que reúne os secretários de Fazenda dos estados e do Distrito Federal, aprovou ajustes no Sistema Nacional de Informações Econômicas Fiscais (Sinief).

Segundo o Ministério da Economia, a medida adapta os padrões ao cenário de maior competição de mercado promovido pela nova Lei do Gás. Em nota, o secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues, afirmou que o novo Sinief dará segurança jurídica aos operadores do mercado de gás e estabelecerá regras claras para os novos agentes.

De acordo com Rodrigues, a regulamentação da Lei do Gás estimulará a entrada de concorrentes no mercado, resultando em queda nos preços finais. “O que antes era monopólio da Petrobras agora será um cenário aberto para a participação de diversos agentes, nacionais e internacionais. O Ajuste Sinief, aprovado hoje, representa uma das peças de regulamentação indispensáveis para garantir efetividade à nova Lei do Gás, e o Confaz cumpriu a sua missão em assegurar essa ampla mudança”, destacou o secretário na nota.

A harmonização das regras estaduais e federais representa uma das etapas da regularização da nova Lei do Gás. A Confederação Nacional da Indústria (CNI) listou os procedimentos necessários para que a nova legislação se consolide. Para a entidade, outros pontos principais que precisam ser regulamentados com rapidez são: a classificação de gasodutos, com regras claras para transporte e distribuição do insumo, e o detalhamento de autorizações para a construção de novos gasodutos.

Edição: Nádia Franco

Diversos homens estão conseguindo reverter a disfunção erétil definitivamente

Quanto mais tempo você adia essa decisão, mais difícil fica uma resolução para sua disfunção. Pois, quanto mais o tempo passa, menos estímulos e menos sangue seu organismo consegue mandar para seu pênis.
- Publicidade -

Mais Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Últimas Notícias

CPI da Covid: Ernesto diz que não fez declarações “anti-China”; senadores contestam o ex-ministro

Em seu depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito que analisa a gestão da pandemia de Covid-19 pelo governo

Modelo Bianca Domingues disse que estava fazendo sexo com MC Kevin antes do artista cair de varanda de hotel

A modelo Bianca Domingues e o funkeiro MC VK revelaram à Polícia Civil que estavam com o cantor no momento do acidente

Câmara discute destino de precatórios do Fundef

Destino de parte dos recursos ainda não pagos está em análise