13.8 C
Belo Horizonte
Sunday, 20 / June / 2021
- Publicidade -

Covid-19: mortes seguem caindo lentamente, mas casos voltam a subir

Mais Notícias

Covid-19: Pfizer vai entregar 2,4 milhões de doses nesta semana

Brasil receberá 842,4 mil doses do consórcio Covax Facility

Coquetel de anticorpos da AstraZeneca não evita sintomas de covid-19

Resultado do teste de estágio avançado foi divulgado hoje

Saiba como funciona a chamada “xepa da vacina”

Veja o que acontece com doses não podem ser usadas no dia seguinte

62,7% dos municípios relatam aumento de casos da Covid-19

De acordo com a CNM, em 19,1%, a situação ficou estável e em 17,6% houve redução de casos

As mortes por covid-19 no Brasil têm apresentado uma leve tendência de queda, segundo dados do Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde. No período de 25 de abril a 1º de maio (Semana Epidemiológica 17), foram registrados 16.945 óbitos, enquanto na semana anterior foram detectadas 17.814 vidas perdidas para a doença.

O resultado revela uma queda de 5% no número de óbitos, o que é considerado um quadro de estabilidade pelo ministério. A média móvel de mortes (total de vidas perdidas durante a semana dividida pelo número de dias) ficou em 2.421.

A curva de mortes durante a pandemia segue o movimento de reversão da tendência de alta da 2ª onda registrada neste ano, iniciada por um aumento intenso a partir do fim do mês de fevereiro. A inflexão teve início na semana epidemiológica 14, na 1ª quinzena de abril.

Os boletins epidemiológicos do Ministério da Saúde sobre o novo coronavírus reúnem a avaliação da pasta sobre a evolução da pandemia, considerando as semanas epidemiológicas, tipo de mediação empregada por autoridades de saúde para essas situações.

Gráfico boletim epidemiológico

Novos casos

A curva de novos casos, que também vinha caindo, inverteu o movimento e oscilou 2% para cima. Na Semana Epidemiológica 17, foram registrados 417.760 novos diagnósticos positivos para covid-19, contra 408.124 na semana anterior. A média móvel de casos ficou em 59.680.

O resultado da Semana Epidemiológica 17 marca uma mudança na tendência de queda no registro de novos casos de covid-19, iniciada em março, mas apenas com um revés na Semana Epidemiológica 13.

Gráfico boletim epidemiológico

Estados

De acordo com o boletim epidemiológico, o número de estados com aumento de novos casos voltou a superar aqueles com redução. Na semana em estudo, 12 estados tiveram incremento nos diagnósticos confirmados, cinco estados e o Distrito Federal ficaram estáveis e nove registraram redução. Os acréscimos mais efetivos ocorreram no Rio Grande do Norte (47%) e Amapá (40%). Já as quedas mais intensas se deram no Piauí (-25%) e em Rondônia (-18%).

Quando consideradas as mortes, o número de estados com queda das curvas foi de 13 mais o DF, oito ficaram estáveis e outros cinco tiveram acréscimo em relação ao balanço da semana anterior. Os aumentos mais representativos foram registrados em Roraima (52%) e Pernambuco (43%). As quedas mais expressivas aconteceram em Rondônia (-44%) e em Goiás (-28%).

Mundo

Na semana analisada, o Brasil foi ultrapassado pela Índia em registro de novas mortes. A Índia vive uma explosão da pandemia e registrou 23.231 novos óbitos no período. Em seguida vem o Brasil, com 16.945 óbitos, os Estados Unidos (4.647), a Colômbia (3.106) e o Irã (2.970).

Em relação ao número de casos registrados da doença, o Brasil também ocupa a 2ª posição. A liderança ficou com a Índia, que teve 2.597.285 novos diagnósticos no período. O Brasil, com 417.760 casos, é seguido por Estados Unidos (347.161), Turquia (257.992) e França (168.849).

Edição: Lílian Beraldo

Novo método psicológico é capaz de recuperar qualquer relacionamento

A psicologa e especialista em relacionamentos Renata Santos descobriu o REAL motivo de seu relacionamento não ser mais como no início (NADA A VER com a idade, beleza física ou rotina).

Ouça mais de 2 milhões de músicas no Prime Music | Teste Grátis 30 dias

Seus artistas e canções preferidos. Ouça o melhor de Caetano Veloso, Ludmilla, Gusttavo Lima, Queen, Pabllo Vittar e muitos outros.
- Publicidade -

Mais Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Bolsonaro pede a empresários para segurarem preço dos alimentos

Pedido ocorreu durante encontro no Rio de Janeiro

Ida para novo partido está “bastante avançada”, diz Bolsonaro

Expectativa é de que o presidente se filie ao Patriota

Brasil goleia seleção peruana e segue 100% na Copa América

Alex Sandro, Neymar, Everton Ribeiro e Richarlison marcam

Prefeitura de Betim suspende vacinação de adolescentes

Cidade pretendia vacinar adolescentes de 12 a 14 anos

Isso os brasileiros não aprendem na escola

Porque temos que ficar por mais de uma década aprendendo coisas inúteis nas salas de aula?
- Publicidade -