13.4 C
Belo Horizonte
Friday, 25 / June / 2021
- Publicidade -

Bolsonaro: Recordista de Impeachment

Mais Notícias

O que são as novas cepas do coronavírus?

Mutações podem tornar a Covid-19 mais transmissível, alertam especialistas

“Bolsonaro blefa”, diz general Santos Cruz

Oficiais ouvidos pela Pública dizem que Bolsonaro perdeu apoio entre os militares após demissão de comando das Forças Armadas e está longe de poder falar em “meu Exército”

À espera de Mourão

Generais críticos a Bolsonaro articulam uma “terceira via” para as eleições de 2022 e não descartam impeachment

A íntima relação entre narcotráfico e política no Brasil

Investigação da Polícia Federal obtida pela Pública traz detalhes de como os lucros da cocaína são lavados no agronegócio e com elos na política

Por Antônia Martins – Expresso Minas

Há pouco mais de dois anos ocupando a Presidência da República, Jair Bolsonaro enfrenta duas crises simultâneas: a sanitária, gerada pela Covid-19 – o Brasil é o terceiro país com maior número de casos no mundo – , e a política, que ganhou novas dimensões desde o início da pandemia. Mas crise é o que não faltou desde o início do governo: logo em seu segundo mês, o PSL, então partido do presidente, foi acusado de ter abrigado um esquema de candidaturas laranjas nas eleições de 2018, o que levou à primeira queda de ministro – Gustavo Bebianno – poucos dias depois da denúncia.

De lá para cá, outros onze ministros já deixaram o governo após disputas internas ou desentendimentos com o presidente – o último foi Sergio Moro, que atribuiu a ele a tentativa de interferência na Polícia Federal. Na área ambiental, Bolsonaro tem sido duramente criticado pelo aumento do desmatamento na Amazônia e o lançamento de medidas que, segundo especialistas, podem premiar os invasores de terras públicas – como a MP 910/2019, apelidada de “MP da Grilagem”, substituída no Congresso por um projeto de lei que aguarda votação. Em vídeo de reunião ministerial do dia 22 de abril, publicado por ordem do STF, o ministro do meio ambiente, Ricardo Salles, sugeriu que a atenção dedicada pela imprensa à pandemia de Covid-19 poderia ser aproveitada para passar “a boiada” e flexibilizar normas ambientais. 

A postura de Bolsonaro tem lhe rendido críticas de líderes e da imprensa internacional. No início de maio, ele foi caracterizado pela revista científica britânica The Lancet, uma das publicações médicas mais conceituadas do mundo, como “a maior ameaça à resposta do Brasil à Covid-19”. O apoio ao presidente tem se mantido mais ou menos estável ao longo das sucessivas crises: a última pesquisa do Instituto Datafolha de 2020, em dezembro, indicou que 37% da população o avaliavam como bom ou ótimo, maior indíce desde o início do governo. A reprovação também se manteve relativamente estável nas últimas duas pesquisas do ano, 34% em agosto e 32% no último mês. O pico de reprovação aconteceu em maio e junho, com, respectivamente, 43% e 44% dos entrevistados avaliando o governo como ruim ou péssimo.

Ao todo, 1492 pessoas e mais de 500 organizações assinaram pedidos de impeachment do presidente Jair Bolsonaro. Foram enviados 118 documentos ao presidente da Câmara dos Deputados, sendo 65 pedidos originais, 7 aditamentos e 46 pedidos duplicados. Até agora, apenas 6 pedidos foram arquivados ou desconsiderados. Os outros 112 aguardam análise.

Você pode acompanhar todos os pedidos de impeachment do presidente Jair Bolsonaro através da ferramenta desenvolvida pela Agência A Pública, clicando no link a seguir. Clique Aqui!

Consultas por R$24 | Cartão de Benefícios do Luciano Huck

Com o Cartão de TODOS, sua família passa por consultas, dentistas e faz exames na hora que precisa, pelo preço que pode pagar. E você ainda tem acesso a descontos em educação e lazer.
- Publicidade -

Mais Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Últimas Notícias

Aprovação da reforma tributária é urgente e garante simplificação do sistema de arrecadação de impostos

Para o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), “a reforma tributária é fundamental”, mas “não deve gerar aumento de carga aos contribuintes brasileiros.”

Portaria restringe entrada de estrangeiros no país

De caráter temporário, medida está no Diário Oficial da União

Minas Gerais tem 45.245 mil óbitos pelo novo coronavírus

Minas Gerais registra 209 óbitos nas últimas 24h

Especialistas respondem porque é essencial tomar a segunda dose da vacina

Dúvida ainda é frequente entre brasileiros, que também questionam quais pessoas com comorbidades que podem vacinar contra a Covid-19

Brasil recebe novo lote com 300 mil doses da vacina da Janssen

Nesta sexta-feira chegarão mais 3 milhões de doses do imunizante
- Publicidade -
- Publicidade -