15.5 C
Belo Horizonte
Friday, 25 / June / 2021
- Publicidade -

Mayra defende cloroquina e contradiz Pazuello sobre alerta de crise no AM

Mais Notícias

Rosa Weber suspende convocação de governadores pela CPI da Pandemia

Decisão veio após recurso dos governadores para evitar depoimentos

Witzel não é obrigado a comparecer à CPI decide Ministro do STF

Depoimento do ex-governador do Rio está marcado para amanhã

Ex-secretário de Saúde do AM diz que falta de oxigênio só durou dois dias

Marcellus Campêlo prestou depoimento hoje na CPI da Pandemia

Brasil contabiliza 17 milhões de casos de covid-19

Nas últimas 24 horas, foram confirmados 2.378 novos óbitos

A secretária do Ministério da Saúde Mayra Pinheiro afirmou à CPI da Pandemia que, na qualidade de médica, mantém a orientação do uso de cloroquina e “de todos os recursos possíveis para salvar vidas”. A adoção do medicamento contra a covid-19 foi um dos principais temas abordados pelos senadores no depoimento desta terça-feira (25) na comissão parlamentar de inquérito do Senado. 

A servidora, que é titular da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde da pasta, disse ainda que nunca recebeu ordem para defender o remédio e que o ministério nunca recomendou o uso da substância, mas apenas orientou a comunidade médica para a dosagem segura, uma vez que a cloroquina e a hidroxicloroquina já vinham sendo usadas no mundo inteiro. 

O relator, Renan Calheiros (MDB-AL), lembrou que a Organização Mundial da Saúde (OMS) não recomenda mais o uso dos remédios, e a testemunha respondeu que, embora o Brasil seja signatário da entidade, os ministérios da Saúde de todos os países do mundo são órgãos independentes e têm autonomia para a tomada de decisão de acordo com as situações locais.

— A OMS retirou a orientação desses medicamentos para tratamento da covid baseada em estudos que foram feitos com qualidade metodológica questionável, usando medicações na fase tardia da doença, em que todos nós já sabemos que não há benefício para os pacientes — afirmou. 

O senador Otto Alencar (PSD-BA), que é médico, afirmou que cloroquina não é antiviral em estudo sério nenhum do mundo. Trata-se de um antiparasitário, frisou. Ao se referir ao presidente Jair Bolsonaro, ele disse que a insistência em permanecer no erro não é virtude, mas defeito de personalidade. 

— Minha discordância aqui nunca foi política, mas científica, não tem nenhum antiviral que possa controlar a doença. Não podemos levantar a bandeira. Isso não é sério, não é honesto, não é direito. É uma medicação velha, usada numa doença nova que não se conhece — disse Otto. 

A secretária respondeu dizendo que há estudos demonstrando efeitos antivirais da cloroquina e reiterou que nunca disse que o medicamento seja capaz de curar a covid, mas sim diminuir as internações e evitar o colapso do sistema de saúde. 

Indagada pela senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA), a representante do Ministério da Saúde disse não achar adequado o apelido que ganhou de “Capitã Cloroquina”. 

— Não acho o termo adequado, pois não sou oficial de carreira militar. Sou uma médica respeitada no meu estado, por isso prefiro ser chamada apenas de doutora Mayra Pinheiro — afirmou. 

Fonte: Agência Senado

Método ÚNICO e SIMPLES que Eu Uso para CRIAR Negócios de Sucesso na Internet 100% do Zero

Veja agora o método SIMPLES e DEFINITIVO que eu usei para começar meu próprio negócio 100% on-line.

Consultas por R$24 | Cartão de Benefícios do Luciano Huck

Com o Cartão de TODOS, sua família passa por consultas, dentistas e faz exames na hora que precisa, pelo preço que pode pagar. E você ainda tem acesso a descontos em educação e lazer.
- Publicidade -

Mais Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Últimas Notícias

Aprovação da reforma tributária é urgente e garante simplificação do sistema de arrecadação de impostos

Para o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), “a reforma tributária é fundamental”, mas “não deve gerar aumento de carga aos contribuintes brasileiros.”

Portaria restringe entrada de estrangeiros no país

De caráter temporário, medida está no Diário Oficial da União

Minas Gerais tem 45.245 mil óbitos pelo novo coronavírus

Minas Gerais registra 209 óbitos nas últimas 24h

Especialistas respondem porque é essencial tomar a segunda dose da vacina

Dúvida ainda é frequente entre brasileiros, que também questionam quais pessoas com comorbidades que podem vacinar contra a Covid-19

Brasil recebe novo lote com 300 mil doses da vacina da Janssen

Nesta sexta-feira chegarão mais 3 milhões de doses do imunizante
- Publicidade -
- Publicidade -