13.8 C
Belo Horizonte
Sunday, 20 / June / 2021
- Publicidade -

Brasil pega Paraguai, pelas Eliminatórias da Copa

Mais Notícias

Confirmado: 41 casos de covid-19 na estréia da Copa América

Números se referem ao dia da estreia da competição

Seleção brasileira chega ao Rio para jogo contra Peru

Reservas treinam em Brasília antes da viagem

Brasil será sede da Copa América 2021 segundo Conmebol

Depois de ser campeão em casa em 2019, país será sede novamente

Campeão da Indy 500 pela 4ª vez, Castroneves já pensa na próxima

Piloto brasileiro de 46 anos cobiça um quinto triunfo histórico

Na noite desta terça-feira (8), a partir das 21h30, no Estádio Defensores del Chaco, em Assunção, a seleção brasileira enfrenta o Paraguai pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022 no Catar. Com cinco jogos realizados até o momento, a equipe nacional lidera o torneio com 15 pontos.

Mas nem mesmo a boa fase vivida dentro de campo traz tranquilidade para o técnico Tite e os jogadores. Na verdade, o ambiente é bastante turbulento. Antes da viagem para a capital paraguaia, ainda em Porto Alegre, na segunda-feira (7), o comandante verde e amarelo teve que responder diversas perguntas sobre a queda do presidente da CBF, Rogério Caboclo, ocorrida no domingo (6), envolvido em denúncias de abuso à uma funcionária da Confederação, e sobre a Copa do América, prevista para começar no próximo final de semana no Brasil.

“Tem sido bastante difícil. É um movimento social. Nós temos compreensão disso. As pessoas acham que nós devemos ter opinião sobre tudo. Enquanto, na verdade, nós devemos ter opinião sobre o futebol. Nós devemos ter o nosso lugar de fala sobre aquilo que nós diz respeito, o futebol. Isso a gente faz com muito amor. É claro que não é fácil manter o foco. Só que esse grupo todo vem tendo uma inteligência emocional muito grande para filtrar tudo que vem ocorrendo e focar apenas no jogo. Isso já ocorreu na partida do Equador e tem que ocorrer novamente nesta terça-feira contra o Paraguai”, comentou o técnico Tite em coletiva.

Em relação à partida, o retrospecto recente do Brasil, jogando como visitante contra o Paraguai, não é bom. A equipe nacional não vence no país vizinho desde 1985. Na ocasião, o placar foi 2 a 0, com gols de Casagrande e Zico. “Tem um grau de dificuldade muito grande, sim. Sabemos da qualidade da equipe adversária. E jogando dentro de casa eles se tornam ainda mais fortes. O desafio é grande”.

Na conversa com os jornalistas, o treinador não quis revelar oficialmente o time que vai a campo nesta noite. Uma provável escalação da seleção brasileira tem Alisson, Danilo, Éder Militão, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro, Douglas Luiz e Éverton Ribeiro; Richarlison, Gabriel Barbosa e Neymar.

Fralda Huggies Supreme Care com SUPER DESCONTO

Inspirada nos seus abraços criamos a nova huggies supreme care: uma única fralda agora para meninos e meninas.
- Publicidade -

Mais Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Bolsonaro pede a empresários para segurarem preço dos alimentos

Pedido ocorreu durante encontro no Rio de Janeiro

Ida para novo partido está “bastante avançada”, diz Bolsonaro

Expectativa é de que o presidente se filie ao Patriota

Brasil goleia seleção peruana e segue 100% na Copa América

Alex Sandro, Neymar, Everton Ribeiro e Richarlison marcam

Prefeitura de Betim suspende vacinação de adolescentes

Cidade pretendia vacinar adolescentes de 12 a 14 anos

Isso os brasileiros não aprendem na escola

Porque temos que ficar por mais de uma década aprendendo coisas inúteis nas salas de aula?
- Publicidade -