24.5 C
Belo Horizonte
Tuesday, 18 / May / 2021
- Publicidade -

Lentidão: MG aplicou somente 54,81% das vacinas contra coronavírus recebidas

Mais Notícias

Déficit do Estado em 2022 será 23% menor do que o deste ano, prevê LDO

Projeto de lei foi enviado à ALMG nesta sexta-feira (14/5); ações do governo para incremento da receita e redução de despesas contribuem para melhoria nas contas

Após imunização, percentual de óbitos e internações entre idosos com mais de 70 anos cai no estado

Queda é mais expressiva em pessoas acima dos 80 anos, que receberam doses na maior operação de vacinação da história de Minas Gerais

Minas Gerais tem 34.837 mil óbitos pelo coronavírus

Minas Gerais chega a quase 35 mil mortos por corona

Minas Gerais tem 34.396 mil óbitos pelo coronavírus

Minas Gerais chega a quase 35 mil mortos por corona

No ano passado o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), defendeu que o coronavírus precisava viajar. O vírus não só viajou como estabeleceu residência em Minas Gerais.

Agora, tudo indica que Romeu Zema e alguns prefeitos seguem a mesma lógica no caso da vacinação. Ou seja, parece que as vacinas devem ser para estocar e não para salvar vidas indo para os braços das pessoas.

A população está lascada. Se não bastasse a incompetência do governo federal na aquisição de vacinas, o povo sofre com a lentidão na aplicação das doses que já existem.

Enquanto isto, o povo está morrendo nas filas de hospitais por falta de assistência médica ou assistência adequada. Há, ainda, falta de planejamento, com os governos cedendo às pressões de algumas categorias para furarem a fila. 

Na tabela abaixo, vemos o total de vacinas recebidas em cada remessa, totalizando 4.651. 980 doses. Até hoje, 6 de abril, apenas 1.954.909 de pessoas receberam a primeira dose e 594.956 a segunda dose, somando as duas doses, temos até o momento 2. 549.865 de doses aplicadas, isto representa 54,81% das doses recebidas.


Tabela produzida pelo autor do texto / Reprodução

Lindolfo Fernandes de CastroBelo Horizonte | Brasil de Fato MG | 06 de Abril de 2021 às 14:10

Lindolfo Fernandes de Castro é auditor fiscal da Receita Estadual de MG e ex-presidente do Sindifisco – MG.

Edição: Elis Almeida

- Publicidade -

Mais Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Últimas Notícias

CPI da Covid: Ernesto diz que não fez declarações “anti-China”; senadores contestam o ex-ministro

Em seu depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito que analisa a gestão da pandemia de Covid-19 pelo governo

Modelo Bianca Domingues disse que estava fazendo sexo com MC Kevin antes do artista cair de varanda de hotel

A modelo Bianca Domingues e o funkeiro MC VK revelaram à Polícia Civil que estavam com o cantor no momento do acidente

Câmara discute destino de precatórios do Fundef

Destino de parte dos recursos ainda não pagos está em análise